Deixe um comentário

GP do Brasil: Nico Hulkenberg com pole-position surpreendente

A incrível 1ª Pole-position de Hulkenberg (Foto: Getty Images)

Nico Hulkenberg surpreendeu os candidatos ao título e alcançou a pole-position para o Grande Prémio do Brasil numa qualificação que se iniciou com a pista bastante molhada, mas que foi secando permitindo o uso de pneus slicks nos seus momentos finais.
Tal como era esperado a sessão que definiu a grelha de partida para a penúltima corrida da temporada disputou-se com o asfalto molhado, o que acabou por criar um resultado inesperado com a pole-position do alemão da Williams.
Os pneus intermédios foram usados ao longo de praticamente toda a sessão, entrando os slicks em acção apenas nos últimos momentos da Q3. Com estes pneumáticos Hulkenberg esteve numa classe à parte assinando uma volta que deixou Sebastien Vettel a mais de um segundo.
O germânico da Red Bull, que figura no quarto lugar do campeonato a vinte e cinco pontos de Fernando Alonso, foi o melhor dos candidatos ao título, superiorizando-se a Mark Webber, o seu colega de equipa, por pouco mais de um décimo de segundo.
Lewis Hamilton esteve em bom nível garantindo o quarto lugar, o que lhe permitiu superar o líder do campeonato, Fernando Alonso. O piloto espanhol esteve um pouco aquém do esperado, dado que foi penúltimo piloto a passar pela meta antes da bandeirada de xadrez, o que lhe permitia, numa pista a secar, realizar um bom tempo. Contudo, o piloto da Ferrari foi muito lento no segundo sector, não conseguindo melhorar a sua marca, o que o atirou para o quinto posto da grelha de partida.
Rubens Barrichello, que normalmente anda bem no molhado, não conseguiu replicar o andamento do seu colega de equipa e quedou-se pelo sexto posto, batendo Robert Kubica que não foi tão brilhante como na terceira sessão de treinos-livres, acabando no sétimo lugar da grelha de partida.
Michael Schumacher assinou o oitavo crono, batendo de forma clara Nico Rosberg, que foi eliminado na Q2, acabando na décima terceira posição do grid. Logo atrás do alemão da Mercedes ficou um desapontante Felipe Massa e Vitaly Petrov que, depois do seu despiste de ontem, deu alguns motivos de satisfação à Renault ao alcançar a Q3.
No campo oposto ficou Jenson Button que se mostrou muito longe do andamento demonstrado por Lewis Hamilton, não conseguindo aceder à terceira parte da qualificação, arrancando para a corrida de amanhã de um desapontante décimo primeiro lugar.

Qualificação

Texto: Jorge Girão (www.sportmotores.com)
Foto: Getty Images
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s