Deixe um comentário

CPR: Bernardo Sousa com nova vitória no Rali do Vidreiro

bernardo-sousa-pressbs201145b-1-2386

Bernardo Sousa / Hugo Magalhães somaram na Marinha Grande o terceiro triunfo no CPR, conseguindo até agora cumprir todos os objetivos para a luta pelo título nacional de 2013. O Rali Vidreiro foi a prova mais disputada do ano.

Com a chuva a baralhar as opções de pneus, Adruzilo Lopes foi quem melhor se saiu na parte inicial ao apostar em pneus de piso seco que lhe valeram a liderança na 2ª à 4ª PE. Mas o primeiro líder do rali foi Pedro Meireles que esteve em muito bom nível na prova do Clube Automóvel da Marinha Grande.

Na 5ª PE Bernardo Sousa ascendeu à liderança, posição que não mais viria a largar. Ricardo Moura conseguiu a 2ª posição no derradeiro troço da prova, a super-special da Marinha Grande. O campeão em título mostra-se algo preocupado com a sua falta de consistência com o Skoda, ao não conseguir manter os bons tempos em todos os troços.

Pedro Meireles no final estava satisfeito com a sua prestação, mas descontente com o facto de ter perdido a 2ª posição por 0,2s no derradeiro troço. O piloto de Guimarães ficou com duvidas da cronometragem na super-especial. Com o motor a falhar na 5ª PE, Adruzilo Lopes perdeu a possibilidade de defender a liderança que ocupava, acabando na 4ª posição mas a apenas 0,3s de Meireles apesar do tempo do piloto de Vizela ter levantado duvidas. Miguel Barbosa e Ivo Nogueira ficaram nos lugares seguintes, com o homem do Subaru a lamentar uma saída de estrada que o fez perder tempo.

Foto: Pedro ContenteNo CPR2 João Barros voltou a fazer um rali à parte. Distanciou-se dos adversários na fase inicial e depois esteve a gerir a sua vantagem numa prova que considerou das mais dificeis da sua carreira. André Marques conseguiu levar a melhor sobre Ricardo Marques na interessante luta que os dois travaram, mas que na fase inicial ainda teve Diogo Gago e Paulo Neto a juntar-se ao grupo.

Foto: Pedro ContenteNo Open de Ralis Carlos Martins decidiu tudo no primeiro troço do dia. O homem do Lancer Evo VI ganhou de uma assentada só 28 segundos a Luís Mota e arrumou a questão da luta pelo triunfo. Mota passou o resto do rali a segurar o 2º posto, o mesmo acontecendo com Fernando Teotónio em relação ao lugar mais baixo do pódio. Eduardo Veiga no Ford Escort MKII foi um surpreendente 4º classificado e vencedor entre os duas rodas motrizes. No Desafio Modelstand o triunfo ficou nas mãos de João Ruivo, ao passo que nos Fastbravo Fábio Paço foi quem subiu ao degrau mais alto do pódio.

No Campeonato Regional de Ralis do Centro o pódio foi exactamente o mesmo do Open de Ralis.

– Link aos tempos

Texto: Sportmotores.com

Fotos: Sportmotores e B.S press

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s